skip to Main Content
Medicamento-pode-reduzir-em-71-mortes-por-Covid-19-revela-estudo

É aprovado o uso do 1º remédio contra a covid pelo SUS

A Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde) aprovou nesta quarta-feira (30) a incorporação do primeiro medicamento para tratar a covid-19 no Brasil. Trata-se do Olumiant (baricitinibe).

O medicamento é indicado para tratar pacientes adultos hospitalizados e que necessitam de oxigênio ou ventilação não invasiva.

O órgão, que faz parte do Ministério da Saúde, já havia concedido parecer preliminar favorável para a incorporação, após realizar uma consulta pública.

Em nota, a Conitec explica que “os pontos favoráveis à incorporação foram os desfechos positivos nos estudos mostrando redução da mortalidade em pacientes hospitalizados, avaliações econômicas e análises de impacto orçamentário”.

A aprovação leva em conta que o medicamento “é sustentável para o SUS e que não há outras opções de tratamento disponíveis”.

Aprovado em 15 países para uso em casos de covid, estima-se que de 740 mil pacientes em todo o mundo tenham sido tratados com Olumiant.

O remédio é de uso oral e já é usado em mais de 70 países, entre eles o Brasil, para tratamento da artrite e, mais recentemente, para dermatite atópica. Para estes casos, a distribuição no SUS começou em 2020.

 

Aprovação da Anvisa

 

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) já havia aprovado, em setembro de 2021, o uso do medicamento para pacientes com covid-19 hospitalizados. Para isso, baseou-se em dois estudos clínicos. Nos testes, a droga demonstrou uma redução potencial de 38% da mortalidade. O estudo foi feito em EUA, Brasil, México, Argentina, Rússia, Índia, Reino Unido, Espanha, Itália, Alemanha, Japão e Coreia do Sul.

No Brasil, 366 pacientes em 18 centros clínicos participaram do estudo em cinco estados.

Segundo a empresa fabricante, a Eli Lill, o Olumiant se mostrou eficaz na redução de mortalidade em pacientes hospitalizados.

A dose recomendada de Olumiant em pacientes adultos hospitalizados com covid-19 é de um comprimido de 4 mg uma vez ao dia, durante 14 dias ou até a alta hospitalar —o que ocorrer primeiro.

Ainda não há data para que o medicamento seja utilizado no SUS, mas com a aprovação já se sabe que ele vai estar disponível de forma gratuita em hospitais públicos ou conveniados ao SUS.

 

Fonte: UOL

 

ATENDIMENTO PSICOLÓGICO E NEUROPSICOLÓGICO PRESENCIAL E ONLINE

Aqui você recebe atendimento psicológico referência para crianças, jovens e adultos. Clique aqui para agendar via Whatsapp ou ligue no (11) 9.7767-3363 (TIM).

*As informações aqui contidas tem caráter informativo. Não substituem a orientação ou acompanhamento de um psicólogo.

Dr. Bruno Moraes

O psicólogo Bruno Moraes atua a mais de 7 anos no atendimento presencial e online de crianças, jovens e adultos. Trabalha com abordagem TCC, ou Cognitivo Comportamental e é pós-graduado em Neuropsicologia pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo).

Você atualmente, atua ou mente?

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Estou online