skip to Main Content

PSICOTERAPEUTA

Psicoterapeuta em MogiO QUE DEVEMOS ESPERAR DE UM PSICOTERAPEUTA?

Na busca por um psicoterapeuta, é comum não sabermos ao certo o que esperar sobre a consulta e do profissional. Questões como abordagem teórica e personalidade são muito importantes, entretanto, existem fatores em comum que podemos esperar de um psicoterapeuta. Adiante, confira alguns dos pontos que podem ser esperados:

 

SIGILO PROFISSIONAL DO PSICOTERAPEUTA

O Código de Ética do Psicólogo garante que o conteúdo de todas as sessões esteja em sigilo profissional, de forma que o psicoterapeuta não pode revelar seus relatos ou história a outra pessoa sem a sua permissão*. Ainda que esse profissional comente sobre seu caso para colegas de profissão, buscando por vezes uma orientação sobre a melhor conduta a ser tomada, sua identidade deve permanecer anonima. Essa regra vale para qualquer psicoterapeuta, sob pena de processo administrativo, perda do direito de exercer a profissão e processo legal caso ele infrinja o Código de Ética.

Se tratando de crianças ou adolescente, geralmente são combinadas as questões que podem ser debatidas e/ou levadas para os pais ou responsáveis em sessão. Para que o processo terapêutico funcione adequadamente, é fundamental que a relação entre o psicoterapeuta e o paciente seja boa, e para tanto, essa negociação é importante considerando que o psicólogo deverá prestar contas aos pais ou responsáveis em relação ao tratamento.

Dessa forma, se você for menor de idade e estiver pensando em fazer terapia, não precisa se preocupar com essa questão, discuta sobre esse tema com o psicoterapeuta dentro do consultório. O que ficar acordado entre você deve ser respeitado, isso é importante para o laço de confiança entre os dois.

*Salvo quando houverem situações em que o paciente ofereça risco iminente para si ou para outro, e/ou um crime seja relatado, o Código de Ética prevê que o psicólogo tem a liberdade de comunicar familiares e/ou órgãos públicos capazes de lidar com a situação, como conselho tutela, polícia, etc.

O PSICOTERAPEUTA NÃO DARÁ RESPOSTAS PARA QUESTÕES EXISTENCIAIS

Se a sua ideia é fazer terapia para que o terapeuta lhe dê respostas que envolvam opinião pessoal, possivelmente você irá se frustrar. Raras são as situações em que o psicólogo dará uma opinião pessoal para crises existenciais, e mesmo nas situações em que faça, o fará baseado em dados científicos e não sob seu ponto de vista cultural.

O papel do psicoterapeuta não é opinar sobre você, mas lhe orientar a encontrar sua própria opinião acerca de suas dificuldades. Ele nunca irá julgar o seu comportamento sob uma ótica pessoal, mas sim analisar sob uma abordagem científica e metodológica aplicada dentro de seus sistema de trabalho. Dessa forma, não espere que ele lhe diga para tomar essa ou aquela decisão.

PSICOTERAPEUTA NÃO RECEITA MEDICAÇÃO, NEM FAZ TERAPIA ALTERNATIVA

Psicoterapeutas não receitam medicação, salvo se além de psicólogos, eles sejam médicos, dentistas ou farmacêuticos. Caso seja diagnosticada a necessidade de uso de algum tipo de medicação, no máximo ele lhe indicará passar em consulta com um especialista adequado com um psiquiatra, neurologista ou afim. Entretanto, ele pode e deve prescrever atividades para o auxilio do tratamento, de forma a modificar sua rotina e comportamento para a melhorar do quadro que estiver enfrentando. Assim, embasado em conhecimento científico ele poderá lhe indicar algum tipo de atividade física para casos como a depressão e ansiedade, ou técnicas auxiliares que você deva praticar no dia a dia para o alívio dos sintomas.

Além de não poder receitar medicação, o terapeuta também não poderá fazer uso de métodos ou técnicas que não sejam validados cientificamente, mesmo que bem aceitos pela cultura local e/ou do paciente como a medicina alternativa.

Cabe ressaltar, que não estamos criticando a validade do trabalho de quem aplica alguma dessas técnicas, e sim deixando claro que elas não fazem parte do escopo da psicologia, logo não podem sob nenhuma circunstância serem aplicadas como parte do processo psicoterápico. Contudo, nada impede, assim como no caso da medicação, que além de psicólogo, o profissional também seja um Terapeuta Floral e em momentos distintos, pratique as duas atividades. Ou seja, o psicoterapeuta tem total liberdade de atuar em mais de uma profissão, contanto que não misture as coisas.

VOCÊ PODE E DEVE ENTENDER O PROCESSO DA TERAPIA

Mesmo que alguns profissionais acabem não trabalhando o lado de esclarecer a fundamentação do processo psicoterápico, você pode e deve questioná-lo sobre o por que de estarem fazendo o que estão fazendo, desde a lógica por trás do tratamento até a formação do psicólogo sua capacitação para lhe atender.

É normal que as pessoas perguntem se o processo terapêutico está funcionando ou dando os resultados esperados. Essa informação é fundamental para a consolidação dos resultados. Você pode e deve pedir esse retorno a seu psicólogo. Saber onde você começou o trabalho, qual o caminho percorrido e em que ponto do desenvolvimento terapêutico você se encontra é vital para que os resultados se mantenham e/ou possam ser reproduzidos novamente em momento futuro.

Devemos lembrar que quem tem papel ativo na melhora dentro da terapia é o paciente, o psicoterapeuta apenas orienta e auxilia dentro da caminhada.

 

PSICOTERAPEUTA EM MOGI DAS CRUZES

Aqui você recebe atendimento psicológico referência em Mogi das Cruzes para crianças, jovens e adultos. Clique aqui agora e envie um Whatsapp pelo (11) 9.5787-2812 (TIM).

 

*As informações aqui contidas tem caráter informativo. Não substituem a orientação ou acompanhamento de um psicólogo.

 

Open chat
Estou online